JAPURÁ – AM – Paróquia Nossa Senhora Aparecida

Prelazia de Tefé – AM – Norte I CNBB


Deixe um comentário

CAMPANHA MISSIONARIA 2010 Missão e Partilha

Artigos – Subsidios – Download – Orações http://www.revistamissoes.org.br/paginas/view/id/30 

Oração Missionária 2010

Ó Deus,
Pai de todos os povos,
Vós que nos abraçais
Com a ternura de uma mãe,
Ouvi o clamor
Das multidões da Amazônia
E do mundo inteiro
Desejosas de Vos conhecer
E Vos amar.
Ensinai-nos a Vos servir,
Na partilha da Fé
E dos Bens,
Que Vós mesmos nos destes.
Amém. http://www.revistamissoes.org.br/paginas/view/id/30

Anúncios


Deixe um comentário

SEMANA NACIONAL DA VIDA E DO NASCITURO

Semana Nacional da Vida e Dia do Nascituro

ORAÇÃO

Nós vos louvamos Senhor, Deus da Vida.

Bendito sejais, porque nos criastes por amor.

Vossas mãos nos modelaram desde o ventre materno.

Nós vos agradecemos pelos nossos pais, famílias

e todas as pessoas que cuidam da vida humana desde o seu início até o fim.

Em Vós somos, vivemos e existimos.

Abençoai todos e todas que zelam pela vida humana e a promovem.

Abençoai as gestantes e todos os profissionais da saúde.

Dai às pessoas e às famílias o pão de cada dia, a luz da fé e o amor fraterno.

Nossa Senhora Aparecida, intercedei por nossos nascituros,

nossas crianças, nossos jovens, nossos adultos e nossos idosos,

para que tenham vida plena em Jesus,

que ofereceu sua vida em favor de todos.

Amém.  (D. Orlando Brandes)                              http://www.cnpf.org.br/novo_site/default.asp


Deixe um comentário

1910-2010 CENTENÁRIO DA PREFEITURA APOSTÓLICA DE TEFÉ

DE PREFEITURA APOSTÓLICA A PRELAZIA DE TEFÉ 1910 a 2010
 
SEMANA DO CENTENARIO          * 16 a 23 de Maio  A.D. 2010
  
Apresentação
 

Bendito seja Deus, Pai de bondade e Mãe de ternura, o Deus e toda consolação. Bendito seja Jesus Cristo, nosso Mestre e Senhor, o Filho muito amado do Pai, crucificado-ressuscitado, vivo entre nós. Bendito seja o Divino Espírito Santo, grande dom pascal, que renova a Igreja, e nos une a todos ‘num só corpo e num só espírito’.

Damos graças, irmãos e irmãs, ao Deus-Uno-Trino, pelos Cem Anos de Criação da Prefeitura Apostólica de Tefé, nossa amada Igreja que, no coração da Amazônia, faz pulsar a Vida, por meio da celebração da Palavra e dos Sacramentos para os povos indígenas e caboclos, para os que aqui nasceram e para os que deste chão fizeram sua casa, sua pátria. É Cristo quem nos irmana. É a força do Espírito que nos torna testemunhas de Cristo, servos do Reino.

Com o coração vibrante e jubiloso olhamos, com gratidão, para nossa história, para a história da nossa Igreja, e rendemos graças pela dedicação generosa de todos aqueles que nos precederam na missão: Monsenhor Miguel Barrat, os primeiros padres e religiosos espiritanos, o primeiro bispo da Prelazia, Dom Joaquim de Lange que, por 30 anos conduziu nossa Igreja; a Dom Mario Clemente Neto pastoreou a Prelazia por 20 anos e, há 10 anos, Dom Sergio Eduardo Castriani tem sido nosso bispo, pastor e sinal visível de nossa unidade.

Ao longo da história a missão em nossa Prelazia foi sempre empenhativa e contou com a doação de diversos catequistas, animadores de setor, catequistas regionais, verdadeira ‘nuvem de testemunhas’ que foi se juntando para fazer crescer a ‘semente do Verbo’. Como não nos lembrarmos das Franciscanas Missionárias de Maria, das Irmãs de Santa Catarina, dos Missionários(as) Leigos(as), dos Missionários da Sagrada Família, das Irmãs Felicianas, Irmãs Dominicanas, dos Padres Fidei Donum, dos Frades Conventuais, das Franciscanas Catequistas, das Irmãs Servas da Ss. Trindade e do povo cheio de fé.

Grande instrumento para o dinamismo pastoral foi a organização da Coordenação de Pastoral da Prelazia. Prestimosos trabalhos foram prestados pelo MEB, pelo CIMI, pela Comissão Pastoral da Terra, pela Radio Rural de Tefé. Sempre estiveram também na pauta da agenda pastoral a prioridade da organização das comunidades, a formação dos agentes de pastoral e a preservação.

Por tudo isto é justo e necessário celebrarmos, como comunidade paroquial, este Centenário. Daqui para frente a história será escrita por nós e caberá aos que virem depois avaliar e julgar o que de bom realizamos para edificação do Reino, tendo como base um verdadeiro testemunho de vida eclesial.

Elevemos a Deus a nossa prece de gratidão pelo dom da fé transmitido a nós e roguemos ao Senhor para que, nosso anúncio e testemunho possam produzir a outros homens e mulheres a feliz alegria do encontro com Jesus Cristo, o Bom Pastor.

Desejamos que o Domingo seja o coração da vida celebrativa do povo da Paróquia do Japurá, como ouvintes atentos da Palavra e convivas alegres do Banquete do Cordeiro, ‘sinal de unidade e da comunhão eclesial’ e que o Espírito reanime o nosso fervor, para que possamos celebrar o mistério pascal de Jesus Cristo, ‘até que Ele venha’

Pe. José Cândido Cocaveli de Andrade – Pároco

 

HINO DA PRELAZIA DE TEFÉ

1.     Somos Igreja, Igreja de Jesus,/ queremos ser ainda muito mais/. Para proclamar o Reino do Senhor/ com sua justiça, o seu amor  e paz.

No coração desta Amazônia/ em comunidade queremos celebrar. O dom da vida, as alegrias,/ nosso dever é evangelizar.

 

Anunciar ousadamente/ o mistério do teu Evangelho/: é compromisso de todo cristão,/ gastar a vida, viver a vocação/.

 

2.     Somos Igreja, levamos nossa cruz,/ teu Evangelho aponta para o Pai. Nossa tarefa é ser sal e luz/ não ofuscando o irmão que vem atrás.

No coração desta Amazônia,/ com os pequeninos queremos comungar./ tua presença em nosso meio,/ é a certeza do nosso caminhar.

 

3.     Somos Igreja, fincando o pé no chão,/ tua Palavra queremos partilhar,/ Põe nossos passos em tua direção,/ em comunidade queremos mais lutar.

No coração desta Amazônia,/no mar da vida queremos navegar/. Toma, Senhor, o nosso leme,/ o teu Espírito é luz a nos guiar.

 

4.     Somos Igreja, Igreja da memória,/ Repousa aqui irmãos que pereceram,/ Neste seguimento fazemos a história,/                    Seguindo a mesma trilha que eles percorreram,

No coração desta Amazônia,/ dos nossos mártires queremos nos lembrar. Nesta Igreja banhada em sangue,/ dá-nos coragem para nunca nos calar.

 

5.     Somos Igreja, Igreja peregrina,/ acolhendo a todos que chegam pra missão: padres missionários, freiras, bispo, leigos,/  aqui somos ministros vivendo em mutirão.

No coração desta Amazônia,/ com nossos índios queremos resgatar,/ nossos costumes, nossa cultura,/ a esperança triunfará


Deixe um comentário

Campanha Missionaria 2010 Missão e Partilha

A Campanha Missionária 2010
Missão e Partilha
destaca também os desafios para a Missão na Amazônia. Aprovada pela CNBB, a primeira Semana Missionária para a Amazônia foi realizada em 2009, na última semana de outubro. Este ano acontece a segunda edição da Semana, inserida no Mês Missionário.
“O objetivo é fazer com que todo o Brasil tome consciência sobre a situação da Amazônia, em todos os sentidos, inclusive sobre a Missão e a necessidade de enviar missionários para a Região”, explicou Irmã Maria Irene, da Comissão para a Amazônia da CNBB. “Dessa forma, o trabalho junto com as POM ganha força e se torna mais visível”, sublinhou.
 


Deixe um comentário

24 de Março: Dia de Oração pelos missionários mártires

24 de Março 1980-2010
30° aniversário do assassinato de Dom Oscar Arnulfo Romero.

Os jovens recordam a cada ano nessa data, todos os missionários assassinados no mundo com um Dia de Oração e Jejum em memória dos missionários mártires. A iniciativa chegou à sua 18ª edição e se realiza em várias dioceses do mundo e muitos institutos religiosos recordam, através de várias iniciativas, seus missionários que derramaram seu sangue por causa do Evangelho.

O tema deste ano para recordar Dom Romero é "A minha vida pertence a vocês". O diretor das Pontifícias Obras Missionárias da Itália, Pe. Gianni Cesena, disse que na "semente lançada por Dom Romero, como por muitos outros mártires cristãos da antiguidade e de hoje, a comunidade cristã reencontra o sentido profundo da vida segundo o Evangelho e a coragem de uma memória ativa, capaz de continuar o caminho com uma perspectiva melhor".

As comunidades paroquiais e de vida consagrada, seminários, noviciados, grupos engajados, são propostos a realização da Vigília de Oração, a Via Sacra, a Adoração Eucarística sobre o tema do dia. Entre outras indicações sugere-se a criação nas igrejas de um ângulo do martírio utilizando uma cruz, pano vermelho, um ramo de oliveira com os nomes dos missionários e missionárias mortos; tocar os sinos às 15h do dia 24 de março para convidar à meditação sobre o sacrifício de Cristo de tantas mulheres e homens de boa vontade; plantar uma árvore para lembrar o amor daqueles que deram tudo por amor.

 As famílias podem acender uma vela vermelha nas janelas junto com um pano vermelho; fazer um gesto de reconciliação entre os membros da família e os vizinhos. Oferecer a oferta do jejum para ajudar nos projetos de solidariedade proposto este ano. Doentes e sofredores podem oferecer seu sofrimento em memória dos missionários e missionárias mortos por causa do Evangelho. Os jovens são convidados a doar sangue e visitar os que estão sozinhos e oprimidos, no hospital, clínicas e cárceres…  Este ano o projeto de solidariedade pretende apoiar com as ofertas arrecadadas do jejum do próximo dia 24, a construção do Centro Juvenil dos Padres Canossianos no Distrito de Tondo, uma das áreas mais pobres de Manila, capital das Filipinas.

http://www.paulinas.org.br/publique/cgi/public/cgilua.exe/web/templates/htm/fc2008/view_PUB-NOT.htm?infoid=47881&editionsectionid=7

Fonte: Revista Missões


Deixe um comentário

100 anos da Igreja jovem no coração da Amazônia

7ª Assembléia da Pastoral da Juventude

A 7ª Assembléia da Pastoral da Juventude da Prelazia de Tefé realizada nos dias 02-05.02.2010. Participarão umas 70 pessoas representando todas as paróquias da Prelazia. O tema:

“100 anos da Igreja jovem no coração da Amazônia: A caminhada da PJ”

quer lembrar o centenário da Prelazia de Tefé e refletir sobre os desafios atuais para a juventude cristã.

1 Centenario da Prelazia de Tefé 23 MAIO 1910-2010

A Prefeitura Apostólica de Tefé foi erigida a 23 de maio de 1910, pelo Papa Pio X, desmembrada da Diocese do Amazonas. No dia 11 de agosto de 1950 foi elevada à categoria de prelazia pelo Papa Pio XII.