JAPURÁ – AM – Paróquia Nossa Senhora Aparecida

Prelazia de Tefé – AM – Norte I CNBB

Senhor, dá-me de beber!

Deixe um comentário

LITURGIA  –  3º DOMINGO DA QUARESMA.

22.03.2014.

1.Introdução.

   O “Tempo da Quaresma” recorda para nós o caminho do deserto para o Povo de Israel, o caminho de Jesus para Jerusalém. Cansado, sentou-se junto ao poço de Jacó, onde pediu água de beber para uma mulher samaritana! Teve sede, mas acabou dando de beber à própria samaritana. Deu-lhe água viva!    A mulher buscou água do poço e Jesus deu-lhe a água da graça e da fé!

Nós, também, somos peregrinos e sedentos, mas qual seria nossa sede?

 

2.Palavra de Deus.

   Ex  17,3-7 – No caminho do deserto, rumo à ”Terra Prometida”, o Povo de Israel sofreu sede com a falta de água! Provocou a Deus dizendo: “O Senhor está ou não entre nós?” No Egito, ao menos, tínham água para beber! Mas Deus fez brotar água da rocha golpeada por Moisés! Rocha símbolo de Cristo!(1Co 10,4).

Rm 5,1-2.5-8 – Somos salvos gratuitamente por Jesus Cristo  O preço desta salvação é a fé em Jesus Cristo! Deus nos salva por Jesus Cristo e nos dá como garantia o Espírito Santo,derramado em nossos corações.

Jo 4,5-42 – Jesus, fatigado e sedento, pede água de beber para uma mulher samaritana. O diálogo com a mulher lhe fez esquecer a sede e a fome, pois, seu alimento consistia em fazer a vontade do Pai e realizar a sua obra.

3.Reflexão.

  • A rocha golpeada por Moisés no deserto é símbolo de Cristo, a verdadeira rocha da qual brota a água viva. Ele exclama diante do povo: “Se alguém tiver sede, venha a mim e beba!” (Jo 7,37). Os cristão, no batismo, renascem da água e do Espírito Santo (Jo 3,5); por isso, os cristão primitivos, que na Quaresma se preparavam parta o batismo, consideravam a água como seu elemento vital e a denominavam: “a nossa água!”. Eram como “peixinhos”, que fora da água morreriam!
  • Hoje, portanto, recordamos a sede de Deus e a necessidade de beber da água da rocha para aliviar a sede e para viver com dignidade e respeito quais peixinhos nadando na água cristalina brotada do coração de Cristo!
  • Cristo amou a Igreja e a purificou mediante a água do batismo brotada de seu lado aberto pela lança (Ef 5,26;Jo 19,34). Esta é a água prometida por Cristo à samaritana e oferecida a todo sedento da verdade e da dignidade de filho de Deus.
  • A mulher samaritana encontrou quem lhe apagou a sede (Sedenta,já provara cinco maridos!) e, agora, reconhecida, vai anunciar Jesus como o Messias prometido. Quem se encontra com Cristo não consegue mais ficar sossegado: precisa anunciá-lo a todos os sedentos da verdade e, principalmente, a todos os que se enganam bebendo água saloba oferecida pelo mundo. O mundo não tem água de qualidade! Só tem drogas!

“Senhor, dá-me desta água para que eu não tenham mais sede!”

Frei Carlos Zagonel.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s