JAPURÁ – AM – Paróquia Nossa Senhora Aparecida

Prelazia de Tefé – AM – Norte I CNBB

Vocação e Missão.

Deixe um comentário

LITURGIA  –  5o DOMINGO COMUM.

10 de fevereiro de 2013.

 

Vocação e Missão.

1.Introdução.

  Estamos em pleno Carnaval! A Igreja não é contra o Carnaval; apenas não pode concordar com os evidentes abusos cometidos neste tempo. Os cristãos podem e devem folgar um pouco preparando-se para a penitência da Quaresma.

  A Penitência que a Igreja recomenda é a oração, o jejum e a abstinência: um tempo maior dedicado ao silêncio e à escuta de Deus, partilhar o pão e a vida com quem não o tem e, por fim, abster-se de todo supérfluo (do que não é necessário para viver).

  Na próxima semana iniciamos a Campanha da Fraternidade: “Fraternidade e juventude”, com o lema: “Eis-me aqui, envia-me”! A Campanha da Fraternidade é sempre um momento forte de Evangelização. Entremos firmes neste caminho!

 

2.Palavra de Deus.

   Is 6,1-2a.3-8 – Durante uma celebração litúrgica, Isaias é tocado por Deus, é purificado de seus pecados e, então, ele assume a missão de ser Profeta do Senhor!

1Co 15,1-11 – O Apóstolo Paulo recorda à Comunidade de Corinto a doutrina básica da fé cristã e, depois, acrescenta sua própria experiência. Primeiro, a Fé da Comunidade e, depois, sua prõpria experiência e vivência da fé em Cristo Jesus.

Lc 5,1-11 –  Jesus fala ao povo sentado na “barca de Pedro”. Terminada a pregação, manda pescar em águas mais profundas! Aconteceu, então, a pesca milagrosa e Jesus confirma Pedro na misteriosa vocação de pescador de homens!

3.Reflexão.

  • A vocação sempre nasce de um encontro com Deus. Quem chama é Deus mesmo e sua fala acontece, quase  sempre, em momentos e acontecimentos da vida cotidiana. Vocação é chamado: alguém chama e alguém responde! Deus chama seus profetas e seus apóstolos para uma missão. Isaias e Pedro foram convocados para a missão; o primeiro durante uma celebração litúrgica e, o segundo, durante uma pescaria! Deus é sempre surpreendente!
  • Isaias, com certeza, desconhecia os pormenores da misão, e Pedro nem imaginava o que seria pescar homens! Mas o toque e a voz eram inconfudíveis e eles partiram para a missão. Seguiram Jesus, pois, Ele era o Senhor. Se Deus não for grande e arrebatador no coração do chamado, a fidelidade não se consolida! Ninguém fica atraído pelo service oferecido, mas fica arrebatado por aquele que chama ao service!
  • O Apóstolo Paulo recorda, para a Comunidade de Corinto, o ponto central de sua fé: Jesus morto, ressuscitado e constituído Senhor e Juiz. O missionário prega ao povo a doutrina e a vivência correta da fé cristã. Não pode pregar doutrinas ou a si mesmo, mas anuncia a pessoa de Jesus,  morto e ressuscitado, esperança de paz e de felicidade, de perdão e de vida superior e divina.
  • Quem é chamado a seguir Jesus Cristo e anunciá-lo ao mundo não pode, evidentemente, praticar as extravagancias do Carnaval. Divirta-se, portanto, mas como seguidor e missionário de Jesus, morto, ressuscitado e constituído Senhor e Juiz. As trevas não convivem com a luz, luz divina e pecado não dá!

Frei Carlos Zagonel.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s