JAPURÁ – AM – Paróquia Nossa Senhora Aparecida

Prelazia de Tefé – AM – Norte I CNBB

20 ANOS DO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA – PARTE I

Deixe um comentário

O Catecismo da Igreja Católica I
 
Neste ano de 2012 a Igreja Católica celebrará o aniversário de dois grandes acontecimentos de sua vida e história: 50 anos da abertura do Concílio Vaticano II (11 de outubro de 1962) e 20 anos da promulgação do Catecismo da Igreja Católica (11 de outubro de 1992). Para essa celebração o Papa Bento XVI convocou o Ano da Fé, que terá a duração de 11 de outubro de 2012 até 24 de novembro de 2013, na Solenidade de Cristo Rei do Universo. O Santo Padre considera o Catecismo da Igreja Católica o fruto mais importante do Concílio Vaticano II.
Por isso, é importante que o leiamos e o compreendamos, pois ele é a guia segura para a nossa fé católica. O Catecismo foi promulgado pelo Beato João Paulo II, com a Constituição Apostólica Fidei Depositum, no dia 11 de outubro de 1992, no 30º aniversário da abertura do Concílio Vaticano II. Na Constituição Apostólica lembrava João Paulo II: “Depois da sua conclusão, o Concílio não cessou de inspirar a vida da Igreja…Para mim – que tive a graça especial de nele participar e colaborar no seu desenvolvimento – o Vaticano II foi sempre, e é de modo particular nestes anos do meu Pontificado, o constante ponto de referência de toda a minha ação pastoral […] É preciso incessantemente recomeçar daquela fonte”.
O Catecismo da Igreja Católica foi um pedido dos Bispos reunidos na Assembleia Extraordinária do Sínodo dos Bispos, convocada pelo Papa João Paulo II, em 25 de janeiro de 1985, para comemorar o vigésimo aniversário do encerramento do Concílio. Assim se expressaram os Padres sinodais: “Muitíssimos expressaram o desejo de que seja composto um Catecismo ou compêndio de toda a doutrina católica, tanto em matéria de fé como de moral, para que ele seja como um ponto de referência para os catecismos ou compêndios que venham a ser preparados nas diversas regiões. A apresentação da doutrina deve ser bíblica e litúrgica, oferecendo ao mesmo tempo uma doutrina sã e adaptada à vida atual dos cristãos”.
A partir desse pedido, que o Papa João Paulo II assumiu como seu, foi instituída uma Comissão de doze Cardeais e Bispos, presidida pelo então Cardeal Joseph Ratzinger, Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé. O Catecismo foi elaborado por uma Comissão de Redação que recebeu modificações de teólogos, exegetas, espertos em catequese e, sobretudo do Episcopado do mundo inteiro. Após esse trabalho o Catecismo é promulgado e João Paulo II afirma: “É justo afirmar que este Catecismo é o fruto de uma colaboração de todo o Episcopado da Igreja Católica” e “[…] reflete, deste modo, a natureza colegial do Episcopado: testemunha a catolicidade da Igreja” (João Paulo II, Constituição apostólica Fidei depositum, I).
Pe. Paulo Henrique 
Capelão do Instituto Maria Auxiliadora/Natal e diretor de estudos do Seminário de São Pedro
 Fonte http://formacaodiscipulosdamaededeus.blogspot.com.br/2012/09/o-catecismo-da-igreja-catolica.html
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s